sábado, 1 de janeiro de 2011

Carretera Austral Maravilhosa! E veio o rípio!

Ontem passamos o reveillon em um pub de Bariloche, chamado Wilkenny. Pagamos um valor muito alto, por uma comida péssima, e assim que bateu a meia noite, fomos embora dormir. O bar era perto do hotel, e impressionante, já era 12:30 mais ou menos, tinha um monte de gente na rua, bebendo, festando, etc... O engraçado, que das 20 às 22 hs estávamos na rua, e não havia ninguém! Esta bagunça foi até amanhecer o dia.
Acordamos hoje 8:30 hs, meio de ressaca, e conseguimos sair do hotel antes das 10 hs. Colocamos roupa de cordura, eu coloquei a minha calça nova da Revit, excelente por sinal, não esquenta tanto como a outra que tinha. Saímos com uma temperatura de uns 25 graus mais ou menos, e foi esquentando... Passamos por lugares espetaculares, filmei bastante com a Contour, do capacete, vai ficar muito bom! Passamos por um vale com montanhas muito altas com neve. Saímos de 1.000 mts de altitude, e fomos descendo. Os pneus Karoo vibram bastante, e não dá pra passar de 120 km/h. O Capitinga já reclamando... Encontramos 3 motociclistas argentinos parados no acostamento, no meio do caminho até Esquel. Paramos, conversamos um pouco, e continuamos. Chegamos em Esquel (+-300 km), às 13 hs mais ou menos. Esquel é uma estação de esqui, muito bonita a cidade, charmosa, cheia de cabanas, muito arrumada. Fomos para o posto do centro da cidade, um YPF, tinha fila pra abastecer a gasolina Super, mas para a Premium, não tinha. Abastecemos a Premium mesmo... Fomos comer, e ficamos esperando quase 40 minutos pelo péssimo atendimento, para comer uma comida congelada, muito ruim, e ainda atrasada. Saímos de lá 2 e meia da tarde! Seguimos uns 20 km até Trevellin, e assim que passamos a cidade, começou o rípio. Eu estava muito tenso, esperando aquilo tudo, e só pensava nisto desde que saí de Bariloche hoje cedo. Mas foi tudo bem. Na verdade é um tipo de cascalho bom, mas tem trechos que é solto, e aí é muito perigoso, pois a moto pega as pedras soltas, dança pra lá e pra cá, e se vc frear, já era! Mas fui pegando o jeito, e indo... Quando vi, já estava andando a 80 km/h. Parece que quanto mais vc anda, melhor fica. Andamos uns 35 km, e já chegamos na Aduana Argentina, em Futaleufu. Fizemos a aduana bem rápido, demos saída da Argentina, andamos uns 1.000 metros (asfalto), e chega na aduana Chilena. Muito maior, e mais organizada, só que ficamos ali acho que meia hora. Vc tem que dar entrada com o passaporte, preencher uma guia sua, depois outra da moto, e depois outra dizendo que não está trazendo frutas nem sementes... Depois pra fechar, o cara mandou eu tirar a mala lateral direita da moto! Pra tirar esta mala, tenho que desamarrar tudo, pneu, mala grande, tudo! É pra acabá! Ele mandou o Capitinga tbm tirar uma das malas. Abri a mala, e o infeliz só deu uma olhadinha e mandou fechar tudo de novo! Saímos de lá, tem uns 10 km de asfalto até a Futaleufu Chilena, e aí, meu amigo, foi só o tal do rípio! Já tinha andado uns 40 km, e já estava mais calmo. E assim fomos. O problema do rípio, é quando vc acha que está ficando bom, e começa a ficar mais seguro, aí é que vc cai! Quase comprei um terreno daqui do Chile umas 4 vezes! O perigo maior são as curvas para a esquerda, pois vc tem que fazer aberta, esperando algum veículo na contra mão, e pega as pedrinhas soltas. A moto dança, e se vc bobear, vai mesmo! Tem as curvas em morros, descendo, que é um perigo! Teve hora... A moto foi quase sozinha, não obedeceu, por causa das pedras soltas. Não adianta frear. E muita vaca na estrada, que é estreita, quase que de uma mão só. Mas as paisagens maravilhosas, no meio dos vales, muita madeireira, aliás a atividade principal aqui é o corte e aproveitamento de madeiras, e um pouco de gado. Os rios, lindos, a água transparente e verde. São ricos em salmão e truta. Aliás tem muita gente pescando. Passamos por um casal descendo dos USA até Ushuaia de bicicleta, há 6 meses na estrada, e pelo que parece irão andar mais uns 6 meses... Depois nós é que somos os "aventureiros"...
Chegamos em La Junta, dentro do meu planejado, às 19 hs, com o sol ainda alto, pois aqui escurece depois das 21:00 hs. O posto Copec daqui estava fechado. Aliás, hoje dia 01/01, tudo estava fechado. Andamos um pouco pela vila, pois aqui é uma vila, bem pequena, às margens de um rio muito bonito, do degelo das montanhas. Não achamos nada, nenhum hotel. Antes de chegar aqui, tínhamos visto uma placa de um hotel "Espacio e Tiempo". Perguntamos, e fomos pra lá. Coisa muito boa, hotel de primeira, talvez um dos melhores que ficamos até agora, por U$ 100/quarto duplo. Pegamos na hora. O Capitinga reclamando da poeira, do rípio, da moto, do calor, da roupa, da comida, mas quando tomou a primeira cerveja, já dei uma conversada, e ele ficou calminho... hehehe... Êeee homi que reclama de tudo! Pensa! Só sei que estamos agora, no meio da carretera austral, em um BAITA HOTEL, quarto enorme, tudo excelente, coisa que não imaginava acontecer assim. Depois de um sacrifício, vamos dizer assim, vem a recompensa! Ah! E o clima muito quente! Ainda não pegamos frio nesta viagem, até agora. Saímos de Bariloche com 24 graus, e chemamos aqui com 36 graus, às 19 hs! Pessoal, amanhã vamos tentar chegar em Perito Moreno, já na Argentina. Não vou dar a volta no lago, como tinha planejado, e vamos pegar um "Ferry" até Chile Chico, pois estamos com o tempo apertado. E vamo que vamo! Abraços a todos, e muito obrigado pelos comentários. Estamos viajando com todos vcs no coração!

Ontem à tarde em uma loja de chocolates de Bariloche


Trecho entre Bariloche e El Bolson



Este é o rípio. Aqui Harley não tem vez...

Aduana Argentina em Futaleufu

Olha eu lá no fundo!


Aduana Chilena, o fiscal mandou abrir a mala... Estressei!



Capitinga engraxando a corrente... Eu não preciso... hehehe...


Rípio muito bom, mas perigoso, da CH7

Esta placa eu queria fotografar!

Muita vaca solta na estrada!

Olha o tamanho destas plantas!

Estes são os verdadeiros heróis!


Quarto muito bom, espaçoso

Hotel Espacio e Tiempo em La Junta/Chile: recomendamos!

A nossa janta de hoje... Adivinha?

Salmão grelhado com legumes... Light

Amanhã veremos o glaciar Ventisquero Colgante

O ambiente é muito acolhedor, e atendimento excelente!

9 comentários:

  1. e ae zorbinhas...
    As paisagens são muito bonitas e esse tal de rípio eu conhec mais como o CASCALHO DE MARACAJÚ,hahahha...mas eh mesmo mt liso e perigoso...(guilherme)
    Márcio, para de falar que o amor soh reclama , pois ele nao tem blog para reclamar de vc...hahahaha(tania)

    estamos com muitas saudades...
    Bejo , Guilherme Rondina e Tania

    ResponderExcluir
  2. Este trecho entre Bariloche e Esquel é muito bonito, pena que daí para Perito Moreno vocês vão seguir pelo Chile, pois na 40 as paisagens são impressionantes também.
    Bom descanso e ótimo tramo amanhã.

    ResponderExcluir
  3. LEGAL A PLACA PROS BUNDÕES. KKKK... AGORA É Q O BICHO VAI PEGAR. DESISTIU DA VOLTA PQ O RIPIO MOSTROU Q É VALENTE E PERIGOSO OU É PREGUIÇA E CANSAÇO? ABRAÇOS E CONTINUEM VALENTES E NÃO LIGA PRO TINGA NÃO, ELE É ASSIM MESMO. A TÂNIA MERECE TROFEU! KKKK XUXU

    ResponderExcluir
  4. Tania, meu companheiro de viagem é meu amigo, o único que manteve a palavra e está aqui comigo, companheiro de verdade, show de bola, nem vou mais elogiar senão vai se achar... Mas que ele reclama, reclama... hahahaha! Abraços!
    Wladimir, acho que a paisagem da carretera supera a da ruta40, pois a Patagônia, a estepe, é plana, e venta muito, o que vamos ver muito entre Perito Moreno e El Calafate, depois de amanhã, agora a Carretera, é espetacular, as montanhas com picos nevados, os vales, glaciares (sim, tem vários!), é muito bom. E não venta!
    Xuxu, ainda não desistimos totalmente da volta no lago Buenos Aires. É que o tempo está apertando, estamos com hotel reservado e pago em El Calafate para o dia 03/01. Mas amanhã é que vamos decidir. Se a viagem render, damos a volta, e aí é mais 150 km de rípio, mas pra quem já fez 210 só hoje à tarde, é moleza! E ainda vamos fazer mais 800 km de rípio, de qualquer maneira.
    Agora fala sério, este hotel que estamos agora, é MUITO BOM, ambiente extremamente agradável, tipo pousada de montanha, todo feito em madeira, lareira, comida ESPETACULAR. Acabamos de degustar um salmão grelhado, pescado aqui mesmo, ao lado, hoje. Isto fora o atendimento, os donos, um casal muitíssimo simpático, que mora aqui atrás do hotel, nos recebeu muito bem. Impressionante um lugar destes aqui, no meio do nada, em uma vila. Muito bom valeu a pena. Abçs a todos!

    ResponderExcluir
  5. Aí Galera Pantaneira!!!
    Quer dizer que o Rípio foi dominado ...
    Ô Márcio, dá uma cerva gelada e um cigarrinho que ele acalma e não reclama!!!
    Estamos ligados em vcs, dia-a-dia.
    Boa viagem.
    Dantas

    ResponderExcluir
  6. VALEU MARCIO E CAPETINGA, GOSTEI DE VER IMAGINANDO ESSA ESTRADA, MAS ESTAO INDO BEM FOTOS LINDAS O CAPETINGA RECLAMAO E CRIADA PELA VÓ...........RSSSS....................TODA VEZ QUE LIGO O COMPUTADOR A 1º COISA E ACOMPANHAR VOCES, ESTAMOS VIAJANDO JUNTO....VAO COM DEUS E COM NOSSA TORCIDA.

    ResponderExcluir
  7. Márcio e Capitinga.
    Fotos maravilhosas.
    Estamos todos viajando com vcs.
    Capitinga, continue reclamando, senão o Márcio vai reclamar do quê ?
    Abraços e que Deus continue iluminando os seus caminhos.

    ResponderExcluir
  8. Que bom que vocês estão vencendo bem cada etapa, os lugares são lindos! E a sua narrativa tá legal. Vão com Deus, Marilisa.

    ResponderExcluir
  9. OI PAI LUGARES LEGAIS,QUERIA ESTAR A I JUNTO A VC E TODA A FAMILIA!!BJS.MARQUINHOS(SEU FILHO)

    ResponderExcluir

Olá! Faça aqui o seu comentário!

Quem sou eu

Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brazil
49 anos, casado, zootecnista, empresário e motociclista.