quinta-feira, 18 de novembro de 2010

RUTA03, RUTA40, CARRETERA AUSTRAL. Saiba mais sobre a nossa rota...

Carretera Austral, Ruta03, Ruta40. Aonde fica isto?
Pra começar, vamos ver o que significa Austral.
Austral é a denominação geográfica relativa ao hemisfério sul, situado no sul.
Por isto que esta rodovia no Chile, a CH-07, chama-se Carretera Austral.
Porque corta a região mais ao sul do Chile.
A mesma coisa é Ushuaia, considerada a cidade mais Austral - ou ao sul - do planeta. Se vc olhar o mapa mundi, vai ver do que estou falando. Ushuaia fica realmente no ponto habitado mais ao sul da terra. Mais ao sul do que isto só a Antartida! Cá entre nós, na verdade, existe uma vila, chamada Cabo Hornos, que fica um pouco mais ao sul ainda, mas na parte Chilena. Mas os argentinos dizem que não é uma cidade, e por isso não vale! Então para todos os efeitos, fica sendo considerado Ushuaia como a cidade mais ao sul do mundo...
Vamos ver agora um resumo de cada uma das rotas que iremos atravessar durante a nossa grande viagem.
RUTA03
A Ruta Nacional 3 é uma rodovia argentina, que percorre o país de norte a sul, desde a província de Buenos Aires até a província da Terra do Fogo. A rodovia inicia-se na Ruta Provincial 4, e percore 3.074 km até a ponte sobre o Rio Lapataia. O percurso encontra-se asfaltado até o Paso Integración Austral.
A rodovia sofre uma interrupção entre os km 2674 e 2696, devido à presênça do Estreito de Magalhães. Por isso o acesso entre as províncias de Santa Cruz e Terra do Fogo é efetuado através do Chile, pela Ruta CH-255 e Ruta CH-257 de 57 km ao norte do Estreito e outra pavimentada com trechos de "ripio", de 148 km ao sul. A travessia do Estreito de Magalhães realiza-se em 20 minutos por um "ferryboat" que percorre 4,65 km.
De acordo com o Decreto 1931 de 3 de agosto de 1983 esta rodovia chama-se Comandante Luis Piedrabuena ao sul da RN 22, a partir do km 719.
Nós iremos rodar sobre a Ruta03 praticamente inteira, desde a Bahia Lapataia até Buenos Aires, já na volta da viagem, saindo de Ushuaia. Veja no mapa:

RUTA40
A Ruta Nacional 40 também é uma rodovia argentina, que percorre o país de sul a norte desde a província de Santa Cruz até a divisa com a Bolívia, tornando-se desta forma a mais extensa rodovia da Argentina. A rodovia corre paralela à Cordilheira dos Andes, incluindo trechos próximos ou em Parques Nacionais. Percorre várias das regiões turísticas e dos atrativos mais importantes do território argentino. A rodovia percorre 5.224 km: começando ao nível do mar, atravessa 20 parques nacionais, 18 importantes rios, conecta 27 passos de montanha na cordilheira e sobe a 5.000 metros de altitude na Abra del Acay em Salta.
Como a legendária U.S. Route 66 dos Estados Unidos, a ruta 40 é um emblema da Argentina. Esta rodovia cruza 11 províncias: Santa Cruz, Chubut, Rio Negro, Neuquén, Mendoza, San Juan, La Rioja, Catamarca, Tucumán, Salta e Jujuy.
Através desta rodovia pode-se chegar a El Calafate, próximo do Glaciar Perito Moreno, Lago Puelo, El Bolsón, Bariloche, Chos Malal, a Rodovia do Vinho nas províncias de Mendoza e San Juan, sítios de fósseis de dinossáuros na Província de San Juan, águas termais em Catamarca, as Ruinas de Quilmes, os Vales Calchaquíes e a Puna.
Nesta rodovia foram realizadas algumas obras de pavimentação desde o ano de 2004, pois este percurso foi decretado pela Secretaria de Turismo como um produto turístico nacional, o que permitiu assegurar mais fundos para a construção desta rodovia. Em 2006 a ruta 40 estava pavimentada em aproximadamente 48% da sua extensão. Neuquén e Río Negro são as únicas províncias onde a rodovia está totalmente pavimentada, ao passo que em Salta e Jujuy há poucos trechos com pavimento.
Na ida da nossa viagem, iremos passar por esta famosa e mítica rodovia, no trecho entre Bariloche e El Calafate, alternando trechos de rípio e asfalto. Mas dizem que as obras para asfaltar estão bastante adiantados, e que daqui a um ou dois anos termina.

CARRETERA AUSTRAL
A Carretera Austral (Ruta CH-7) é uma rodovia localizada no sul do Chile. Seu traçado atual de 1.240 quilômetros une Puerto Montt a Villa O'Higgins na comunidade de O'Higgins, sendo a principal via de transporte terrestre da Região de Aisén e da Província de Palena na Região de Los Lagos, permitindo a ligação com o resto do território chileno.
Devido às complicadas características geográficas do território, no qual predominam os Andes Patagônicos, lagos, turbulentos rios e a presença de campos de gelo, a rodovia está em permanente manutenção. Grande parte da rodovia ainda não é pavimentada.
Mesmo assim, é considerada uma das rodovias mais belas do mundo, e comparada em beleza à estrada que corta as montanhas rochosas do Canadá.
Sua construção iniciou-se em 1976 por ordem do Regime Militar, sendo um dos projetos mais caros e ambiciosos de todo o século XX no Chile. O trabalho dos membros do Exército do Chile habilitaria os diferentes trechos da rodovia ao longo dos anos 1980 permitindo a conexão da Patagônia Chilena com o resto do país após anos de isolamento. A rodovia ainda não está completa e vários trechos são percorridos através de balsas, principalmente na parte setentrional da província de Palena, entre Hornopirén e Caleta Gonzalo. Em 2007, o Ministério de Obras Públicas do Chile anunciou a modernização da rodovia, pavimentando 330 quilômetros entre Chaitén e Coihaique e a construção do trecho terrestre entre Hornopirén e Caleta Gonzalo, cruzando o Parque Pumalín.

Esta rodovia não estava nos nossos planos de viagem, e só apareceu depois que resolvemos fazer parte da Ruta40. Quando vi no mapa, percebi que seria uma oportunidade única de conhecer a famosa Carretera Austral. Assim, vamos rodar por cerca de quase 1.000 km nela, sendo que cerca de 400 km serão de rípio. Todos que passam por esta rodovia, ficam extasiados com tamanha grandiosidade e elogiam muito a paisagem, que lembra muito a Europa, com vales, montanhas nevadas, e lagos azul-esverdeados. Esta parte é pra curtir e aproveitar com muita calma! 

*Fonte: Wikipédia, adaptado.
Agora todos sabemos um pouco mais a respeito das estradas por onde iremos passar!

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

FALTA POUCO!

Está chegando o grande dia!
Faltam só 38 dias para a saída daquela que será a mãe de todas as viagens de moto que fiz até hoje na vida: alcançar o ponto mais ao sul do planeta, Ushuaia!
Houveram profundas mudanças no roteiro, que agora ficou muito mais desafiador e emocionante. Faremos a rota inversa da que íamos fazer antes.
Iremos pela Ruta40 e voltaremos pela Ruta03.
Saindo por Foz do Iguaçú dia 26/dezembro, teremos como foco inicial a cidade de Bariloche, na Argentina, aonde descansaremos, trocaremos os pneus e o óleo das motos, e passaremos o ano novo. Depois faremos uma boa parte da famosa Carretera Austral, no Chile, passando por Esquel, entrando no Chile por Futaleufu e saindo por Chile Chico. Então atravessaremos o famoso rípio da Ruta40, entre a cidade de Perito Moreno e El Calafate, aonde o filho chora e a mãe não vê... Rípio pesado, e ventos fortíssimos!
Passaremos alguns dias livres em El Calafate e no parque nacional Torres del Paine, no Chile.
Dali iremos para Punta Arenas, e finalmente, saindo por Porvenir, seguiremos para o nosso destino final, a cidade de Ushuaia.
Depois de 2 ou 3 dias de descanso, passeios e manutenção das motos, iniciaremos o retorno pela Ruta3, até chegarmos em Buenos Aires. Atravessaremos para o Uruguay pelo Buquebus, passando por Punta de Este, e entraremos de volta no Brasil pela cidade de Chuí, no Rio Grande do Sul. Dali até Campo Grande faremos em 3 dias. A previsão é chegar em casa entre os dias 21 a 23/janeiro.
Fizemos várias reuniões desde o mês de agosto, e a equipe inicial de 5 se reduziu para 3 pessoas.
O grupo atual é composto, além de mim, pelos amigos Nelson "Capitinga" e o Ronald. Desistiram o amigo Osmar Moura e o meu primo Flávio, por motivos pessoais. Mas irão acompanhar a viagem toda pelo blog. Estamos praticamente prontos, só faltando alguns documentos, como carta verde e seguro pessoal. Usaremos o localizador via satélite (Spot), para nos dar mais segurança, e todos os amigos acompanharem o nosso trajeto em tempo real.
O BAÚ (minha moto), está na revisão de 10 mil km. Já troquei os pneus, o GPS está instalado, moto adesivada, etc...
Olhem só as fotos do parque nacional "Los Glaciares" aonde está localizado o Glaciar Perito Moreno. Isto é só para dar uma idéia de como será!

Estou acompanhando várias pessoas que estão indo, ou que já estão voltando de lá, e estão me passando um monte de dicas de estradas, passeios, hotéis, etc... Isto ajuda muito, e nos tranquiliza.
No mais, é contar os dias, e esperar! Haja paciência!

Quem sou eu

Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brazil
49 anos, casado, zootecnista, empresário e motociclista.