quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Mendoza - Villa Carlos Paz







Ontem, após muita conversa e reflexao após a tragédia que nos abateu, com o falecimento do amigo Ataíde, resolvemos nem sair para jantar, e acordar bem cedo hoje para fazer o trecho entre Mendoza e Villa Carlos Paz. Em Mendoza, fomos apenas visitar o parque San Martin, e o Zoológico que tem lá. Depois almocamos num restanrante conhecido, chamado Don Mario, e comemos um bife de Chorizo que é muito grande, um exagero. Nao fizemos mais nada. O trecho de hoje sao 600 km, e saimos do hotel às 7 hs da manha, ainda escuro por aqui. Fazia frio, uns 19 graus. Tocamos bem, tranquilos, sempre na toada de 120 km/h. O GPS novamente fez a diferenca, e nos levou direto para fora da cidade, para a rota correta, bem rápido. Digo isto, porque Mendoza é muito grande, tem mais de 1 milhao de habitantes, e nao é muito fácil de andar por lá! Haviam muitos vinhedos ao redor de Mendoza, e um grande numero de pessoas circulando pela estrada, de bicicleta, trator, à pé, etc... Depois vieram os animais soltos, como porcos, cabritos, carneiros, cavalos, etc... Ou seja, toda a atencao é pouca! Abastecemos duas vezes, sempre pagando em pesos, pois aqui praticamente nao aceitam cartao de crédito. O bom de sair cedo é que a viagem rende! Quando eram 11 hs da manha, já havíamos andado 400 km, e faltavam apenas 200 pra chegar. Aí chegamos na serra Cordobesa, muito bonita, por sinal. Comecamos a subir, e depois se anda sobre a serra, em cima dela, até chegar em Villa Carlos Paz. Esta pequena cidade, foi uma indicacao do Magrao, do pessoal da padaria, e é um tipo de balneário turístico, o Campos do Jordao da Argentina, mais ou menos. Acabamos de chegar e fomos almocar, já passando das 14 hs, e comemos uma parrillada, que estava mal feita, e muito cara! Programei o GPS pra achar hotel, e resolvi ir em um chamado Santa Cecília. Primeiro que este é o nome da minha querida sogrinha, e segundo que é em uma rua chamada 13 de fevereiro, que é o dia do meu aniversario! Chegamos, e gostei do hotel, mas me pareceu muito caro! Entrei, e bem na portaria tinha uma moto BMW GS1200 igual a minha, estacionada. Era do gerente do hotel! Olhei o quarto e gostei, mas o cara queria cobrar $200 cada quarto. Mas aí chegou o tal gerente, colega motociclista, e mandou fazer a metade do preco, ou seja, dois quartos pelo preco de um. Aceitei na hora, e ficamos aqui. Será o hotel mais barato da viagem! Desta vez demos mais sorte!
Enfim, fizemos uma ótima viagem, mas o pior ainda está por vir: dois trechos longos, um amanha e outro depois, de mais de 800 km cada um. No domingo chegamos em casa. Ricardo, obrigado pelas informacoes a respeito do ocorrido ontem, e continue me informando. Luiza, que bom que vc foi no enterro, dar uma forca para a Sirlei! Alfredo, obrigado pela forca! Precisamos dela, pois estamos na reta final, e nao é fácil! Estamos muito cansados! Abracos a todos!
Fotos:
-Eu e o Gaudêncio, no alto do Cerro de Mendoza, no parque San Martin;
-O "bife" de chorizo gigante do Don Mario, e o Gaudencio tentanto comê-lo;
-No caminho para Villa Carlos Paz, em um Mirante, subindo a serra Cordobesa.

3 comentários:

  1. Amigos agora depois do ocorrido com o nosso amigo Ataide,devemos tocar a vida em frente. Nosso foco agora é vcs estamos todos da confraria muito ligado na ultima etapa da viagem a parte mais perigosa da viagem, a vontade de chegar saudades da familia e amigos deve ser grande.
    Por favor mantenha consentrado na estrada e a tocada de 120km é otima e bem segura.
    Queriamos fazer uma super festa pra vcs mas não a clima entre os Confrades...desculpa.
    Depois do acontecido parece que o grupo ficou mais unido, não queremos mais perder niguem da confraria doi muito, chegamos a conclusão que gostamos de mais uns dos outros como irmãos.....

    Abraços do amigo Tartaruga.

    ResponderExcluir
  2. MÁRCIO, GAUDÊNCIO E HILTON, endosso aqui as palavras do PRESIDENTE MOR RICARDO, só discordo que o grupo tenha "ficado mais unido agora", pois à meu ver nós simplesmente não havíamos percebido o qto somos unidos(graças à DEUS).
    Terminem a vossa viagem em paz e felizes em homenagem ao nosso grande COMPANHEIRO ATAÍDE, pois tenho certeza que ele não nos quer tristes, mas sim ele estará de lá intercedendo por nós todos e com certeza ele não ficaria feliz se sua partida servisse para desestimular qualquer um de nós a desistir dos nossos sonhos:moto e estradas, sonhos esses que foram seus também.
    Venham com a cautela que a estrada exige, cheguem bem que estaremos esperando vcs de braços abertos; podemos não estar com clima pra festejar, mas vou falar com o pessoal pra ver se vamos esperá-los pelo menos na Água Rica pois estamos tristes pela perda irreparável, mas felizes por vê-los realizados com essa viagem fantástica. Boa viagem e nos mantenham informados. Um forte abraço à vcs tres em meu nome e em nome de toda CONFRARIA.
    JARDIM.

    ResponderExcluir
  3. Marcião,
    BOA SORTE, QUE " DEUS OS PROTEJA,PARA QUE CHEGUEM EM PAZ EM SUAS CASAS". É uma grande viagem e tem que ser lembrada com saudade apenas por bons momentos, portanto desejo que esta se feche com chave de OURO.

    Wendel

    ResponderExcluir

Olá! Faça aqui o seu comentário!

Quem sou eu

Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brazil
49 anos, casado, zootecnista, empresário e motociclista.