domingo, 22 de fevereiro de 2009

Antofagasta - La Serena: 920 km!





























Ontem fizemos o trecho mais longo da nossa viagem, totalizando 920 km rodados! Chegamos em La Serena às 20 hs, completamente esgotados! Fomos atrás de hotel, e acabamos ficando no Francisco de Aguirre, que com certeza é o melhor hotel que já ficamos até agora na viagem. E o preco é o mesmo do El Tattio, de Antofagasta, de U$ 50,00/pessoa!Sempre ficamos eu e o Hilton em um quarto, e o Gaudencio (Rei do Ronco), em outro sozinho, nem precisa falar porque né?!. Nem sai ontem, nem jantei, e fui dormir cedo de tao cansado! A viagem correu bem, somente tive um "desarranjo" intestinal, o qual estou até hoje! Mas estou medicado. Saimos de Antofagasta às 8:30 hs, meio tarde, e depois de 75 km paramos na estátua "Mao do Deserto" que fica a uns 500 mts do asfalto. Paramos, tiramos algumas fotos, e seguimos. A toada era lenta, pois estava com medo de falta de combustível. Mas que nada, depois de 236 km tem um postinho, com um restaurante ao lado, e foi tranquilo. Lá encontramos um senhor, com a esposa, em uma Yamaha DragStar1100 preta, indo para Santiago. Foi a única moto custon que vi, fora a Harley do cara de SP, até agora. Mas respondendo a sua pergunta, Ricardo, dá pra vir de Custon sim, sem dúvida. O problema da autonomia se resolve com o galaozinho de gasolina. As estradas sao muito boas. Só nao vai entrar no rípio, que em alguns passeios tem que andar 1000 metros pra entrar, mas isto se vc for de moto. Seguimos viagem, e logo chegamos no litoral, e andamos uns 150 km na beirinha do pacífico, com uma vista espetacular, mas um vento gelado e forte. Era meio dia, e a temperatura marcava 23-25 graus! Estava friozinho. Paramos pra abastecer e almocar em um restaurante à beira mar, em Chañarral, e lá vimos novamente vários leoes marinhos! Tínhamos visto alguns em Antofagasta, em um pequeno porto. O bicho é enorme, e fica ali esperando restos de peixe que os pescadores jogam. Almocamos, e fomos embora. Ali pela primeira vez teve gente fotografando as motos, e perguntando pra onde íamos, da onde víamos, etc... Pois até agora, no Chile, nao vimos moto alguma, nem pequena, e o povo parece nao gostar de moto, pois nem olha pro lado nos sinaleiros! A paisagem era completamente desertica de um lado, e o mar do outro. Estávamos em pleno Deserto do Atacama! Depois paramos em Copiapó, cidade mediana, aonde estava tendo um encontro de motos (Vimos algumas Virago nos postos de combustível, de um pessoal de Calama), depois Vallenar, para o ùltimo abastecimento. Em Copiapó, esquentou bastante, indo para 33 graus. Quando passamos Vallenar, esfriou de novo, e o vento fortíssimo, indicava que estávamos próximos ao mar novamente. Descemos uma serra, com curvas espetaculares, e comecamos a chegar em La Serena. Cidade linda, muito interessante, e que merecia uma estadia mais longa. Acordamos tarde, demos uma volta na praca da cidade, e resolvemos seguir viagem para Santiago. Como saimos tarde demais de La Serena, infelizmente resolvemos descer direto até Santiago, sem passar por Viña Del Mar. No caminho, acompanhando o litoral, o vento quase nos derrubando da moto, encontramos 3 colombianos, de Harley, que estao descendo de Medelin até Ushuaia, e depois irao até Buenos Aires. Tudo isto em 60 dias! Nos sentimos os Bundoes, depois desta! hehehe! Chegamos em Santiago às 17 hs, e fomos procurar hotel. Perambulamos quase 3 horas, a moto do Hilton esquentando, e finalmente achamos um barato, de U$ 100 para os tres! E ainda perto do centro e dos restaurantes, e dos passeios. Meia boca, mas serve! Abracos a todos! Acompanhem o Blog, que tá tudo aqui, pois isto é um diário de viagem, e nao um album de fotos! As fotos todas mostraremos quando chegarmos ai!
-Fotos:
-A moto dos "Carabineiros del Chile", a policia daqui, uma RT igual a do Gaudencio;
-A mao do deserto, e a singela mensagem de motivacao para o pessoal da Confraria...hehehe;
-O hotel de La Serena;
-Tio Gaudencio falando ao telefone com a digníssima, na praca de La Serena, hoje cedo;
-Eu e o mapa de La Serena;
-O por do sol em Antofagasta;
-O grupo de Colombianos, na rodovia.

3 comentários:

  1. Mais uma vez PARABÉNS AOS TRES MUSQUITEIROS DA CONFRARIA. Um dia nós também haveremos de estar por aí, desta feita já facilitados por vc CONFRADES DESBRAVADORES. Márcio, só pra constar, as menssagens escritas em papel que vc disse ser para os demais CONFRADES não dá pra ler nas fotos, mas td bem por aqui nós veremos; continuem fazendo uma ótima viagem e aproveitem mto. Que DEUS vos iluminem sempre.
    C. GDE-MS, 22/02/2009, 21:38h MS.
    JARDIM.

    ResponderExcluir
  2. Que Deus proteja vcs, estamos acompanhada passo a passo a viagens de vcs, Marcio vc relata a viagem muito bem,rica em detalhes,da até pra gente imaginar algumas cituações.
    Abraços.
    Turtle

    ResponderExcluir
  3. BOM DE MAIS MEUS CAMARADAS...QUE VIAGEM LINDA,LUGARES QUE VÃO FICAR MARCADO NA MEMORIA DE VCS...QUANTO AO GAUDENCIO, O RONCO É UMA CANTORIA EU E ELE FORMAMOS UM BELO CORO...
    UM GRANDE ABRAÇO E QUE DEUS CONTINUE ABENÇOADO VCS.E QUE VC FAZEM UMA BOA VIAGEM...DE VOLTA...
    MARCOS(MARCÃO)....

    ResponderExcluir

Olá! Faça aqui o seu comentário!

Quem sou eu

Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brazil
49 anos, casado, zootecnista, empresário e motociclista.