quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Dia 12: San Pedro de Atacama a Salta - 595 km

Hoje saímos de San Pedro às 8:30 hs, após fazermos a saída na aduana. Colocamos todas as roupas de frio, já preparados para a nossa última cruzada pela Cordilheira dos Andes da viagem. Foi acertado, pois logo depois de uns 50 km, saímos dos 2,5 mil metros de San Pedro e atingimos quase 5 mil metros de altitude. O termômetro despencou, e pegamos a temperatura mais baixa da viagem, mais baixa inclusive do que o dia que pegamos neve. O termômetro da moto marcou incríveis 2 graus negativos! Não houve neve, pois estava seco e com sol, mas o frio era muito forte! Manoplas que aquecem servem para estes dias, e o amigo Osmar Moura penou, pois a moto dele não tem (Honda Varadero). Ele quase congelou os dedos, chegou a perder a sensibilidade das mãos, e teve que parar e segurar por um tempo na manopla da moto do Casagrande. Depois esquentou, e melhorou bastante. Depois de 160 km, chegamos no Passo de Jama, na aduana argentina, que estava completamente vazia, fizemos tudo em menos de meia hora, e seguimos viagem. Fizemos um lanche em Susques, abastecemos, e continuamos a nossa descida. Passamos por aquela salina, que passei em 2009, mas não nos deixaram entrar com as motos lá dentro.
Logo chegamos em Purmamarca, aonde paramos para tirar fotos. Antes descemos os caracoles, muitas curvas, acho que vamos ficar com saudades destas curvas!
Para não esquecer por completo, em Jujuy eu entrei pela estrada vicinal, por El Carmen, para Salta. Esta estrada é muito estreita, e cheia de curvas. Gastamos quase 2 horas para andar 100 km! Chegamos em Salta às 16:30 hs, calor de 30 graus, contrastando com o frio que pegamos cedo! Fomos direto para o hotel que tinha reservado pela internet, mas não houve condições de ficar ali, hotel muito velho, beliches, coisa feia mesmo, resolvemos procurar outro local. Fomos para a direção da plaza de armas, e logo achamos alguns hotéis bons e com bom preço. Ficamos no Brisas de Salta, em um quarto quadruplo muito bom. Aliás ontem também, ficamos em um quarto quádruplo em San Pedro... É engraçado, todos juntos, como é diferente, e há um melhor entrosamento.
Amanhã saímos cedo, rumo a Resistencia, no Chaco Argentino. Calor, muito calor, e retas intermináveis, por quase 800 km!
Sábado se Deus quiser chegamos em casa!
Abraços a todos!











Um comentário:

  1. Muito show os relatos dessa viagem. Parabéns! Que Deus esteja com vocês nesses retorno. Fico no aguardo do post final desta viagem e outras fotos que com tempo, e possível selecionar e até comentar cada uma. Abraço a todos.

    ResponderExcluir

Olá! Faça aqui o seu comentário!

Quem sou eu

Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brazil
49 anos, casado, zootecnista, empresário e motociclista.