sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Filosofando...

Li este pequeno texto em um livro, e achei oportuno divulgar aqui. Serve também para quem anda ou viaja de moto, pois acho que traduz um pouco do que acontece na realidade, para quem pilota ou já pilotou uma moto, de verdade e com a alma, e já enfrentou alguma situação de risco e adrenalina intensa nas estradas da vida:
"Quanto mais improvável a situação e maior o esforço exigido, tanto mais doce o sangue nos flui depois, liberando toda a tensão.
A perspectiva do perigo serve apenas para aguçar o controle e a atenção. E talvez seja esse o motivo racional de todos os esportes de risco: você eleva, deliberadamente, o grau de esforço e concentração, com o objetivo, digamos assim, de limpar a mente das trivialidades.
Trata-se de um modelo da vida em pequena escala, mas com uma diferença fundamental: ao contrário da vida rotineira, na qual em geral é possível corrigir os erros e chegar a algum tipo de acordo que satisfaça todas as partes, nossas ações, mesmo que por momentos brevíssimos, tem consequências seríssimas."
A. Alvarez - The savage god: a study of suicide.
*Extraído do livro "Machu Picchu, na trilha dos incas" de Geraldo Abud Rossi
Abraços a todos!

3 comentários:

  1. Blza Marcio! Muito bom o texto, diz muito do que signfica roda de moto por esse mundão... Olha, me desculpe não poder ter dado a atenção que vc e seus amigos merecem quando vieram a Santa Maria, mas vc percebeu a correria que eu estava envolvido aqui chegando de uma aventura. Quem sabe esse possa me redimir indo visitar vc esse ano, vamos ver o que acontece. Obrigado pelas referências postadas, que é fruto mais do seu coração bem formado de que a realidade. Fraterno motoabraço.

    ResponderExcluir
  2. Oi Márcio, tudo bem? Estou apanhando para responder as postagens no blog, não sei o motivo mas a sua publicação não aparece pra mim na pagina inicial...assim preferi te responder por aqui.
    Antes de mais nada obrigado por ter nos visitado. É sempre um prazer fazer novas amizades, e melhor ainda quando se trata de um motociclista.
    Vou seguir o seu blog e assim que puder postarei novos comentários...se puder tente me achar no facebook...coloquei muitas fotos por lá...
    E vamos trocando e-mail's...tenho que ver quando passaremos por Campo Grande...te ligarei antes, assim que sabe vc pode nos acompanhar em um trecho?
    Um grande abraço e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  3. Renato, eu é que agradeço por tudo lá em Sta Maria, e te espero aqui a hora que vc quiser, vamos a Bonito sim, é um baita de um passeio! Abçs!
    Gustavo, o motociclismo me surpreende cada vez mais, pelas amizades que tenho feito com este maravilhoso estilo de vida. Vamos conversar aqui em Campo Grande sim, se Deus quiser! Abçs!

    ResponderExcluir

Olá! Faça aqui o seu comentário!

Quem sou eu

Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brazil
49 anos, casado, zootecnista, empresário e motociclista.