sábado, 24 de dezembro de 2011

100 mil km rodados somente de moto. É muito?!

Em outubro/2011 ultrapassei os 100 mil km andando de moto, em 6 anos que passei a andar neste curioso veículo de 2 rodas, que me proporciona tanto prazer, sensação de liberdade e aventura.
Somei as quilometragens das motos que tive à partir de 2005, e cheguei neste número. O curioso é que eu fui andando cada vez mais ano a ano, mais do que dobrando às vezes. Mas foram as viagens longas as maiores responsáveis pelo aumento brusco de quilometragem, começando com a viagem para o Deserto do Atacama em 2009, com a BMW GS1200 azul, a "Frida", que totalizou quase 7 mil km rodados. Antes disto, a maior viagem de moto que havia feito na  minha vida, tinha sido para o encontro de motos de Tiradentes/MG, em 2008, com a VStromDL1000, chegando a quase 3 mil km. A VStrom na verdade foi a minha primeira moto realmente estradeira, e que me despertou a vontade de pegar a estrada, viajar, viajar, com prazer em pilotar, e com o estilo de moto que eu mais gosto, as BigTrail. Descobri isto no dia que andei em uma pela primeira vez!
Mas isto tudo são apenas curiosidades pessoais, a título de informação, e que quase nada quer dizer, mediante os meus objetivos e sonhos da minha vida "motociclística".
Eu ainda me sinto às vezes muito "cru" andando de moto, e sei que muito tenho a aprender. Ainda me falta aquela "intimidade" com a motoca, como se a moto fizesse parte de mim, que eu vejo em algumas pessoas. Dá pra ver isto quando a pessoa sai com a moto de um posto. E isto só se adquire andando! Também acho este número de 100 mil km rodados pequeno e quase que insignificante! Acho que é apenas o começo. Ainda quero fazer 100 mil km com apenas uma moto. Nos USA existem vários sites de clubes de motociclistas que rodaram 100 mil milhas (cerca de 160 mil km), com apenas uma moto.
Eu mesmo conheço, pessoalmente ou virtualmente, alguns amigos, que acredito já terem passado de 1 milhão de km rodados de moto já faz tempo. O conhecido "Gau" fundador do Brazil Riders, irmandade da qual tbm participo é um deles. O amigo virtual e grande escritor motociclístico Guillermo Godoy também com certeza já passou do milhão faz tempo! Outros amigos fizeram quase 100 mil km em apenas uma viagem, para o Alaska, por exemplo, como o Adriano Vanderstappen de Ilhabela, e o Renato Lopes de Santa Maria. Isto sim é andar de moto pra valer! Também ainda quero fazer alguns Iron-Butt's, rodar mil milhas (1.600 km) em 24 horas, ou até algo a mais. O máximo que já rodei em um dia apenas sem descanso para dormir, foram 1.350 km, de Blumenau a Campo Grande, em agosto/2010.
Mas estes números não valem para motoboys e moto taxistas... Senão vira covardia! Esta quilometragem tem que ser em moto grande, acima de 600 cc, e predominantemente em longas viagens, seja no Brasil ou para fora. Agora eu quero ver!
Outro detalhe: temos uma cultura de ficar trocando de moto todo ano, ou quando vence a garantia. Conheço pessoas que fazem isto, quase que como uma religião! Troca a moto usada, às vezes com 2 ou 3 mil km rodados ou até menos, por outra nova, perdendo muitas vezes R$ 20 mil ou até mais na troca. Ou seja, nem chegou a aproveitar, nem curtiu a moto, e já troca por outra. Estas pessoas, pra mim não gostam de moto, elas gostam é de trocar de moto! A minha moto (O "Baú") completou 3 anos agora em dezembro. Saiu da garantia antes mesmo da viagem a Ushuaia, no ano passado, e nunca me deixou na mão até hoje. Mas eu cuido, e dou a merecida manutenção. Bateria, revisões, trocas de fluidos, etc...
Na Europa e nos USA, já ouvi falar que é comum vermos motos com mais de 100, 200, e até 300 mil km rodados, e em perfeito estado.
Abraços, um Feliz Natal e um 2012 cheio de saúde, paz, alegrias, sucesso e muitas viagens de moto!

Um comentário:

  1. tenho 28 anos sou apaixonado por motos des de pequeno mas a 10 anos convivo com elas, ja vi varios tipos de motos e de motociclistas e de pesoas que pensao que sao motociclistas, estes compra a moto nao de acordo com o perfio de motociclista que ele e mas sim a moto da moda vao alquns encontros de motos com a moto no reboque do carro. que bom que voce nao e um destes susseso e boas viagens, a

    ResponderExcluir

Olá! Faça aqui o seu comentário!

Quem sou eu

Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brazil
49 anos, casado, zootecnista, empresário e motociclista.